domingo, setembro 09, 2012

Ser amigo

Com o tempo descobrimos que atraz da convivência, do afeto, do carinho existe a tão ilustre amizade. Infelizmente com a vida corrida que levamos, com a falsidade de alguns acabamos considerando como amigos aqueles que devíamos no máximo dar um 'bom dia'.
Sim, estou explicitando aquela 'amizade de sair' que só lembram de você para ir em bares, baladas e que nunca estão de fato dispostos a te escutar. A amizade real, é algo magico, conseguindo arrancar de qualquer rosto triste um sorriso, de uma maneira tão boba e simples, mas ao mesmo tempo de uma maneira inexplicavel.
Dizem que o amigo é aquele que te 'zoa' mais nunca deixa alguem te 'zuar'. E é verdade! O verdadeiro amigo vê os erros, vacilos, medos, e 'zuando' tenta fazer o mesmo deixar de te-los, mas quando reconhece que alguem de fora faz o mesmo, com malicia, toma-se uma posição e o defende com unhas e dentes.
E o que mais me  chama atenção, são aqueles amigos que dizem ser amigos, mas na hora H simplesmente saem de perto. Não querem compreender, ajudar, escutar, simplesmente saem de perto alegando desculpas fajutas.
A amizade é uma coisa tão boa, mas infelismente vêem se perdendo ao longo dos anos. As pessoas andam com medo de gostar, defender, tomar afeto por outrem. Não consigo compreender o por quê. Pois, só quem de fato tem um AMIGO, sabe o quanto é gostoso essa sensação de dar e receber.

quinta-feira, março 22, 2012

Seu olhar



De noite escutando a movimentação do mar, deitada sob teu peitoral, sinto você entrando lentamente, sem pedir licença, em meus pensamentos, cada vez mais presente me tirando todo o folego que me resta... Aos poucos vou me perdendo em você...Teu Beijo, teu toque, teu olhar... e já não tenho vontade de me encontrar... 
Em busca da perda da sanidade, já não consigo pensar. Tudo em você, tudo em mim, respiro você. 
Fico a me perguntar, em frente ao mais belo cenário, como teus olhos me sugam de uma maneira tão intensa e tão fácil.... olhar que me simplesmente me tira a razão. 
Finalmente entrego-me então por inteiro.  Sentindo suas caricias, não consigo me preocupar com nada...Tudo, tudo em você e em mim. Você em mim, eu em você. 
Cada beijo, cada toque, cada caricia, cada dose me faz voar em sua direção, como se fosse uma borboleta azul, perdida ao tempo em busca de algo incomum. Eu poderia estar em qualquer lugar, sentir outras vibrações, mas tudo se completa quando estou com você. Não preciso de mais nada.  Eu já não consigo respirar sem teus olhos, teu batimento, sua melodia, sentindo por fim a vibração de nossas peles. 
Em meio a natureza, deitados olhando o semblante um ao outro, com sorrisos que expressão uma felicidade incondicional, que nem o mais sábio é capaz de entender... Com apenas o vento marcando sua presença, me perco em meio teus beijos... E seu olhar, a o seu olhar.... Não consigo pensar em mais nada...
Não há prazer, não há motivos, não há razão, não há felicidade se não estou com você. Ser que me congela e me esquenta em frações de segundos, ser que me alegra e me emociona a cada dia de uma maneira incompreendida.... Não sei viver mais sem teus olhos... Sem você! sz

Geórgia Carone

segunda-feira, fevereiro 06, 2012

Apenas você

Sua mão calorosa sobre minha pele enquanto me acaricia com teus beijos. Seu olhar que tira meu folego com uma facilidade incrível. Fico anestesiada toda vez que ficamos abraçados, ainda viajando, vendo o horizonte, fazendo caricias de jovens amantes. Olho sua face, ainda com o brilho do sol e com a leveza do anoitecer, me fascino e por fim guardo em minha memoria... Ah minha memoria, minhas vontades, tudo isso que esta em constante movimento e desejos, remoendo todo o meu corpo.
Todos os dias, lhe vejo com aquela cara de ainda de sono e enquanto nos beijamos, me sinto como se ainda estivesse em meus sonhos. 
Seu sorriso, sua caricia, o jeito que arruma minha roupa, o jeito que tira ela, o jeito que me tira do serio por completo e me conquista com este teu sorriso de menino, meio bobo, meio homem, meio tudo. Seja no sexo, em um restaurante, com amigos ou até mesmo nos momentos mais insanos, fico a imaginar o quão és perfeito, e como nem suspeita disso ao me perguntar do que gosto para que possa me agradar.
As noites em meio ao luar, entrelassados, lembrando de velhos momentos, velhas lembranças... Velho sentimento, um amor mal resolvido como diz nossos amigos, talvez... Talvez só não estava na hora certa para tudo acontecer.
Apesar de amantes de uma vida passada, o calor não se enterrou.  Enquanto tira minha blusa e me devora com aquele olhar, um olhar só seu, um olhar maravilhoso, beija meu corpo intensamente e me faz entregar minha alma, meu corpo, meu coração aos poucos sem ao menos perceber. Por fim, caio em mim e dou-me conta que posso gostar de você, gostar de verdade. Um gostar diferente de todo os outros, um gostar não apenas dos momentos que estamos como casal, mas como amigos, ou até mesmo como estranhos, só de estar presente no mesmo recinto já me basta.
Meu dia se faz quando andando distraidamente me deparo com você em meio meu caminho, seja com mais alguem, ou até fumando um cigarro. Me seguro por vez para não ir correndo em sua direção lhe dar um abraço, um beijo e por fim uma mordida nestes teus lábios adocicados.
Fico a me imaginar como seria, dormir ao teus braços todos os dias, com teu calor, carinho, até o fim dos tempos.  Ter teu sorriso só para mim e não ter que me preocupar mais com as horas que se passa, que ao seu lado na verdade se dispersa com uma rapidez que nem mesmo o maior físico é capaz de explicar.
Sensação que me completa, me alucina, me devora, me torna incapaz de me ver longe de você. Não sei o que exatamente foi dito, o que foi feito... A única coisa que me importo agora, é poder ser a razão do seu sorriso, dos seus sonhos e por fim.. Do teu sentimento! =)

Geórgia Carone


segunda-feira, janeiro 23, 2012

Como eu gostaria

Como eu gostaria, de viver aquele amor de novela. Ter aqueles olhos apaixonados, vidrados e puros. Aquele toque caloroso dês do amanhecer até ao anoitecer. Como eu gostaria de perder meu folego e sentir meu coração pular da minha boca todo o momento que nos beijamos. Como eu gostaria de sentir como a primeira vez toda vez que lhe vir. Além de tudo, seria tão perfeito, dormir em teu peito, poder acordar com teus beijos, teu olhar cativante enquanto acaricia meu rosto. Como eu gostaria de poder lhe ver toda vez quando chega-se em casa. Como gostaria de poder passar as noites de domingo, em baixo de um cobertor com você assistindo o filme mais besta.  Caminhar juntos ao cair do dia, de mãos dadas rindo de velhos momentos, poder sentar beira-mar e esquecer todo o mundo.
Ah, como eu queria.... Um amor inesquecível, inexplicavel, um amor para toda a vida. Ficar velhinhos e lembrar de toda a nossa trajetória juntos e mesmo assim ainda ter aquele carinho e sentimento, e ainda nos acharmos perfeitos um para o outro, mesmo com as rugas. Seria algo surreal, magico por vez.
Por fim, poderia dizer que este sim é o amor, o verdadeiro amor. Por vezes incompreendido, mas no fundo desejado por todos, até mesmo pelo mais rabugento. Ah como eu gostaria... 

Geórgia Carone