sábado, janeiro 10, 2009

Amor, paixão, e loucura



Quantos pensamentos, quantas maneiras, quantos modos... Tudo isto para afirmar uma única coisa, um sentimento maior chamado amor.
Para muitos este sentimento pode ser comprado, para outros ele já não existe, alguns já afirmam que este é para ser vivido uma vez na vida com toda a intensidade.

Mas como saber o que é amor!? Nunca encontrei um ser capaz de descrever este mesmo, então.. Como sabemos o que é amor!? Como!?

Amor no latim amóre . Sentimento único!? De primeiros momentos!? Na verdade não podemos dizer de uma maneira só, pois cada um o presencia de uma forma, e este pode ser de afeição, satisfação, libido, compaixão, atração, paixão, o querer bem, conquista, desejo, entre outros.

Amor, nascido de uma paixão, e a base da eterna loucura. Mas não é que é mesmo!? Pensem um pouco, que amor seria normal!?

Eu até a um ano atrás tinha uma ideia de um 'amor perfeito' para mim, imaginava como ele seria, não apenas fisicamente, como psicologicamente, então isto mudou de um ano para cá, hoje estou com o amor da minha vida, e posso lhe dizer, não é nada como eu imaginava, o jeito de ser, falar, e agir é totalmente contraditório ao que eu esperava. Não! Não estou criticando! Pelo contrario, estou muito contente pela surpresa que a vida me pregou assim digamos, é tão bom sermos surpreendidos, esperar algo e se deparar com algo bem melhor, algo que nem pensávamos que poderia existir. :)

É... Um sentimento pode virar sua vida de cabeça pat baixo, fazer você querer evoluir, crescer, não digo isto apenas em você mas como querer ver isto no seu/sua amado(a) também, afinal o amor não é egoísta, é um sentimento que além de tudo nos dá a sensação de querermos nos dar ao outro e não querer receber nada em troca, este sim posso chamar de amor. Sentimento único que nos alucina, que nos faz perder o fôlego, e também pensarmos e agirmos de uma forma que nunca pensamos que poderíamos.. Ah, como é lindo o amor, ainda melhor poder vive-lo! :D

Geórgia Carone

quinta-feira, janeiro 01, 2009

Pai...


Minha vida se foi, não sinto mais um oque, não sei respirar. Pergunto, porque? Não consigo voar, tudo em minha volta se desfez, sinta essa dor, de algo quebrado, fora de si, e me diga aonde eu vou. Você consegue me dizer? Eu não sinto, não quero. Sensação satisfatória agora se foi, tristeza esta tomando eu sinto que nunca vai, eu acho que preciso, como posso estar sentindo essa dor? Essa dor quebrada, algo tão figurado, e por fim possessivo. Não sei dizer, não sei pensar, se você não for.. estou sentindo um vazio de dor, apenas dor. Eu quero fugir, fingir que não existe, quero fujir disto e por fim acabar com isso, por que isto esta quebrado, nada além disto, preciso voltar... e por fim voltar a respirar..ar consistente, fora do comum, algo que não sei aonde achar, talvez eu apenas queira uma ultima palavra. Antes da sua dor, de tudo que você passou, eu preciso lhe dizer, que eu te amo, por que toda esta dor, fora de si, esta dor quebrada, esta me matando por dentro. Preciso lhe dizer, mas não há caminhos. Eu preciso ver sua face mais uma vez, quero tocar sua face, mas como... Não tem mas como faze-la, eu queria tanto, voltar ao tempo... E dizer que esta dor quebrada não faz sentido, quero gritar que eu te amo! Quero sentir algo que não pude por opção! Lhe dizia coisas horríveis e sem saber... que algum dia eu pude-se sentir... esta dor quebrada que me sufoca, que me faz rastejar como um escravo sem forças, tudo isto é algo incompleto quero completa-lo, mas agora é tarde de mais. Nunca pensei, que algum dia, quisesse, sentir tudo, reviver momentos e por fim concertar meus erros com você..eu preciso da sua voz e do seu sorriso, suas brincadeiras... e.. eu não sei mais, não sei mais aonde estou, você me guiava, não estou pronta, por que esta dor quebrada, esta musica, tudo isto é você. Você não esta entendendo, talvez nunca mais... Perdi tudo o que tinha, ao ignora-lo, perdi muinha fé, minha concepção, você era tudo que eu ignorava, agora digo, que esta dor quebrada esta me sufocando, é algo forte d+, digno de ser vivido, porém duro d+ para se intender, você me intende? Isto tudo eu sinto por você. Mas esta dor, esta querida quebradura me faz ser uma pessoa mais forte. Por que foi por você! Que eu lutei e rastejei, e vai ser por você que eu vou lutar, para poder cumprir minhas palavras, em meu coração e no teu.

Geórgia Carone (9/out/2008)