sexta-feira, julho 27, 2007

"Depois de um tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma.Você aprende que amar não significa apoiar-se; que companhia nem sempre significa segurança.E começa aprender que beijos não são contratos; que presentes não são promessas.Começa a olhar as derrotas com cabeça erguida e os olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos...Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára a fim de que você o conserte.Aprende que o tempo não é algo que possa voltar atrás (portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores).E você aprende que realmente pode suportar, que realmente é forte e que pode ir muito mais além do que pensava poder."

(William Shakespeare)

quarta-feira, julho 04, 2007

Marilyn Manson - The Death Song (tradução)

Nós estamos numa arma

e estamos apontados para a cabeça de deus

mesmo ele gostaria que isso terminasse

Nós pegamos uma pílula

de cara compramos nossa passagem

e esperamos que o céu é real

Eu vi um policial batendo num padre na TV

e eles sabem que mataram nossos heróis também

Nós cantamos a canção da morte crianças

pois não tivemos futuro

queremos só ser como você

Vamos cantar a canção da morte crianças

Acendemos uma vela na Terra

fizemos isso no inferno

e pretendemos estar no céu

Cada vez que fazemos

nós pegamos a passagem do homem cego

e sabemos que nada daquilo é real

Eu vi um padre matando um policial na TV

e agora eu sei que eles são nossos heróis também

Nós cantamos a canção da morte, crianças

pois não tivemos futuro

queremos só ser como você

Nós escrevemos nossas preces numa pequena bomba

Beijamos a bomba no rosto e mandamos para deus

Nós cantamos a canção da morte, crianças

pois não tivemos futuro

queremos só ser como você



Fonte: http://letras.terra.com.br/marilyn-manson/123318/the-death-song-traducao-print.html

segunda-feira, julho 02, 2007

Sinto-me com meus 12 anos, quando fiz pela primeira vez um blogger... Blog novo vida nova.... Sem muito o que dizer.... So espero que eu não o abandone, como sempre faço....




Frase: " Ninguém é igual a ninguém. Todo ser humano é um estranho ímpar" (Carlos Drummond de Andrade)

Ao som de: Rammstein - Generator