quarta-feira, janeiro 30, 2013

Meu dia

A um bom tempo me deparo com teu semblante logo no amanhecer, quando pequenos raios de sol começam a bater em você, marcando cada centimetro do seu corpo.
A manhã ainda é fria, e teus olhos me aparenta ser de outra tonalidade. É  estranho, neste momento, mesmo ainda sonolentos você me olha com toda aquela aptidão, e me abraça forte me confortando novamente em teus braços. Mais tarde naquela mesma manha ainda com preguiça, lutamos para sair da cama; ele já é quente e nos faz perder nas meras e doceis caricias.
O dia é longo, compromissos que não acabam; que nos fazem nos perder um do outro, por questões de alguns segundos; é inevitável.
Em minha cabeça o desejo e a ansiedade pela hora de chegar finalmente em casa e poder descansar, descansar e poder sentir seu toque macio e cheio de sussurros.  Poder por fim estar com você, em mais um momento. Compartilhar e simplesmente sorrir ao teu lado.
As horas assim se passam, já é hora de voltar; de poder então descansar... É a hora que poderei fazer o que mais gosto, vou poder então deitar sobre teu peito, lhe beijar, lhe sentir pela ultima vez e lhe dizer: ''-boa noite meu amor''.

0 comentários: