quinta-feira, março 22, 2012

Seu olhar



De noite escutando a movimentação do mar, deitada sob teu peitoral, sinto você entrando lentamente, sem pedir licença, em meus pensamentos, cada vez mais presente me tirando todo o folego que me resta... Aos poucos vou me perdendo em você...Teu Beijo, teu toque, teu olhar... e já não tenho vontade de me encontrar... 
Em busca da perda da sanidade, já não consigo pensar. Tudo em você, tudo em mim, respiro você. 
Fico a me perguntar, em frente ao mais belo cenário, como teus olhos me sugam de uma maneira tão intensa e tão fácil.... olhar que me simplesmente me tira a razão. 
Finalmente entrego-me então por inteiro.  Sentindo suas caricias, não consigo me preocupar com nada...Tudo, tudo em você e em mim. Você em mim, eu em você. 
Cada beijo, cada toque, cada caricia, cada dose me faz voar em sua direção, como se fosse uma borboleta azul, perdida ao tempo em busca de algo incomum. Eu poderia estar em qualquer lugar, sentir outras vibrações, mas tudo se completa quando estou com você. Não preciso de mais nada.  Eu já não consigo respirar sem teus olhos, teu batimento, sua melodia, sentindo por fim a vibração de nossas peles. 
Em meio a natureza, deitados olhando o semblante um ao outro, com sorrisos que expressão uma felicidade incondicional, que nem o mais sábio é capaz de entender... Com apenas o vento marcando sua presença, me perco em meio teus beijos... E seu olhar, a o seu olhar.... Não consigo pensar em mais nada...
Não há prazer, não há motivos, não há razão, não há felicidade se não estou com você. Ser que me congela e me esquenta em frações de segundos, ser que me alegra e me emociona a cada dia de uma maneira incompreendida.... Não sei viver mais sem teus olhos... Sem você! sz

Geórgia Carone

3 comentários:

PatrickFeitoza disse...

Linda Poesia gata

Anônimo disse...

Torso para que possa ser assim para sempre

Anônimo disse...

essa borboleta morreu