segunda-feira, julho 05, 2010

Presença de um amargo

Presença de um amargo, incoparado, sem sentido...
Um amargo meio doce, meio meigo, com um  jeito carinhoso...

Como não poderia me apaixonar?
Como poderia não desejar? Quero ao menos o tocar...

Tudo é tão imprevisivel, aleatório, sem rumo... sem rezão.
E juro não intender como, quando e os por quês.

E essa incapacidade de não conseguir decifra-lo por inteiro me prende com uma intensidade tão grande..

Mas o que eu poderia fazer? -Como se o eu quize-se. (rs)
Incógnitas, meios, sentimentos, razões, ou até mesmo por falta delas....

Isso tudo me faz delirar e cair em eterna amargura.

 Geórgia Carone

8 comentários:

Urso o/ disse...

Decifra-me ou te devoro! rs

iza disse...

Ameei! Um dia eu aprendo a escrever assim :~

Kitsune-chan disse...

Sou péssima pra fazer comentários, sério XD
Mas não pude deixar de ler e elogiar =~ adorei o texto \o/

Irene disse...

ow que issu texto(reflexao) fodaaa...
nem acredito que foi vc que escreveu serioo Oo.

Geórgia Carone :: Despair Doll / Jôн м. disse...

/\
||
||
|| Obrigada, ou não, uhahua

Wagner disse...

JOH... JOH JOH JOH JOOOOOOOOOOOHHH OOH OHO OH OH OH!

PQ ELA É SIMPLISMENTE FODA PRA PODE ESCREVE UM NEGOCIO ASSIM!

lindo lindo lindo!!!

beijãozão amora!!!!!!





TOY OF THE FEAR!!!!

opa disse...

=D

Igor Michel ... disse...

Olá colega, que desejo heim.... adorei seu texto...e vi que, q nem eu vc estava ociosa do blog. Peço, não siga meu exemplo...kkk cuide bem de seu blog, suas palavras são preciosas para mim e outros internautas, são tocantes; Vizite meu blog... e graceje ou não. hihihi Bjaum e tenha um bom dia 25... comemore o nosso dia, o dia do Escritor(a). Paz e Força Sempre!